Solidão No Campo

Jorge Ireno Reis

exibições 43

Quando o sol desce apique sumindo no horizonte
Vem por de trás das coxilhas surgindo o escuro da noite
Pra cantar uma canção me abraço a o velho pinho
Porque já estou cansado de chimarriar sozinho

Bandida esta solidão que chega ao final da tarde
Pra me fazer companhia na garupa traz saudade
Bandida esta solidão que o meu ranchito rodeia
Provoca o meu sofrer que até a minha alma bambeia

Depois de um dia de trabalho queria poder descansar
Mas a saudade ea solidão juntas vem me atormentar
O meu coração campeiro do amor sente a ausência
Sozinho vagueia perdido no entardecer na querência

É sempre ao final do dia na hora do chimarrão
Sem ter com quem prosear logo bate a solidão
Mesmo eu vivendo no campo respirando a liberdade
Também sofro desses males de solidão e saudade

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir