Minha Apresentação

Jorge Ireno Reis

exibições 6

Para quem ainda não me conhece
Eu me apresento em um relato
Mesmo não sendo filho de tatu
Fui criado correndo no mato
Pelos caminhos da minha vida
Com humildade sou bem sensato
De coração prefiro falar em amor
Mas não sou omisso no que é fato

Jamais fico em cima do muro
Sempre tenho a opinião formada
Soberba, arrogância e prepotência
Nunca tiveram valor para nada
Ninguém é melhor que ninguém
Estamos juntos na mesma estrada
Pois quando os joelhos se dobram
Todos perdem o fio da meada

Eu me preocupo em ser correto
Aceitar algumas coisas não consigo
Se quiser cobrar, que dê exemplos
Pois a moral de cueca é um castigo
Na teoria do não faça o que eu faço
Mas sempre faça o que eu digo
É com caráter e vergonha na cara
Que na trilha pedregosa eu prossigo

Do meu jeito simples e autêntico
Eu digo, goste quem quiser gostar
Pois nunca precisei ser puxa saco
E nem quero que venham me adular
Não devo esperar muito dos outros
Para depois não me decepcionar
Sempre respeitando os limites
Sei muito bem, onde é o meu lugar

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir