exibições 37

Não Sou Descartável

Jorge Ireno Reis


Um romance ilusório, na força do seu capricho
Fisgou o meu coração e depois jogou no lixo
Brincou com a minha vida, sem esmero ao sentimento
O seu afeto e o prazer, foram coisas de momento

Como um copo descartável
Que a correnteza levou embora
Tudo o que eu lhe ofereci
Desprezou e jogou fora

Não sou frasco descartável
É amigo quem avisa
Guarda e cuida o que não usa
E depois tem o que precisa

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir