Meus inimigos não vão me vencer
Jamais, jamais: se foda o poder
Teu sorriso bandido, teu orgulho ferido
Jamais, jamais vai me convencer

Andando por entre as serpentes
A gente aprende a levar
A vida sentido anti-horário
A vida que quer recusar
Andando por entre mil erros
A gente aprende a gritar
Palavras expulsas da ânsia
Justiça quero vomitar...

Eu vejo soldados, eu vejo bandidos
Grandes plantações, miseráveis mendigos
Eu vejo arrogância, criminosos políticos
Só não vejo a justiça por um povo sofrido

Eu vejo soldados...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Jair Dos Santos Gonçalves. Essa informação está errada? Nos avise.