Foto do artista Juan Luis Guerra

El Niágara En Bicicleta

Juan Luis Guerra


El Niágara En Bicicleta

Me dio una sirimba un domingo en la mañana
Cuando menos lo pensaba
Caí redondo, como una guanábana, sobre la alcantarilla
Será la presión o me ha subido la bilirrubina

Y me entró la calentura
Y me fui poniendo blanco como bola (d)e naftalina
Me llevaron a un hospital de gente (supuestamente)
En la emergencia, el recepcionista escuchaba la lotería
(¡Treinta mil pesos!)
¡Alguien se apiade de mi!
Grité perdiendo el sentido
Y una enfermera se acercó a mi oreja y me dijo
Tranquilo, Bobby, tranquilo

Me acarició con sus manos de ben gay y me dijo
¿Qué le pasa, atleta?
Y le conté con lujo de detalles lo que me había sucedido

Hay que chequearte la presión
Pero la sala está ocupada y, mi querido
En este hospital no hay luz para un electrocardiograma

Abrí los ojos como luna llena y me agarré la cabeza
Porque es muy duro
Pasar el Niágara en bicicleta

No me digan que los médicos se fueron
No me digan que no tienen anestesia
No me digan que el alcohol se lo bebieron
Y que el hilo de coser
Fue bordado en un mantel

No me digan que las pinzas se perdieron
Que el estetoscopio está de fiesta
Que los rayos x se fundieron
Y que el suero ya se usó
Para endulzar el café

Me apoyé de sus hombros como un cojo a su muleta
Y le dije: ¿Qué hago, princesa?
Y en un papel de receta me escribió muy dulcemente
(Mi princesa, ¿qué va a ser de mí?, uh)
Lo siento, atleta

Me acarició con sus manos de ben gay y siguió su destino
Y oí claramente cuando dijo a otro paciente
Tranquilo, Bobby, tranquilo

Bajé los ojos a media asta y me agarré la cabeza
Porque es muy duro
Pasar el niágara en bicicleta

No me digan que los médicos se fueron
No me digan que no tienen anestesia
No me digan que el alcohol se lo bebieron
Y que el hilo de coser
Fue bordado en un mantel

No me digan que las pinzas se perdieron
Que el estetoscopio está de fiesta
Que los rayos x se fundieron
Y que el suero ya se usó
Para endulzar el café

(No me digan que me va cayendo
De tanto dolor
No me digan que las aspirinas
Cambian de color

No me digan que me van pariendo
Que le falta amor
No me digan que le está latiendo, oh no)

O Niágara Em Uma Bicicleta

Me deu uma sirimba um domingo de manhã
Quando menos pensava
Eu caí em volta, como uma guanabana, sobre o esgoto
Será a pressão ou a bilirrubina me subiu

E fiquei com febre
E fui ficando branco como uma bola de naftalina
Fui levado a um hospital de gente (supostamente)
Na sala de emergência, a recepcionista ouvia a loteria
(Trinta mil pesos!)
Alguém tenha piedade de mim!
Gritei perdendo o meu sentido
E uma enfermeira veio ao meu ouvido e disse
Relaxe, Bobby, relaxe

Ele me acariciou com as mãos de ben gay e disse
O que há de errado, atleta?
E disse-lhe em detalhes o que tinha acontecido comigo

Tenho que checar pressão
Mas a sala está ocupada e, meu querido
Neste hospital não há luz para um eletrocardiograma

Abri meus olhos como uma lua cheia e agarrei minha cabeça
Porque é muito difícil
Atravessar o Niágara de bicicleta

Não me diga que os médicos se foram
Não me diga que não tem anestesia
Não me diga que álcool beberam
E que o fio de costura
Foi bordado sobre uma toalha de mesa

Não me diga que as pinças se perderam
Que o estetoscópio faz festa
Que os raios-X foram fundidos
E que o soro já foi usado
Para adoçar café

Eu me inclinei em seus ombros como um aleijado em sua muleta
E eu disse: O que eu faço, princesa?
E em um papel de receita ele me escreveu muito docemente
(Minha princesa, o que será de mim? Uh)
Desculpe, atleta

Me acariciou com suas mãos de ben gay e seguiu seu destino
E eu ouvi claramente quando ele disse a outro paciente
Relaxe, Bobby, relaxe

Baixei os olhos no meio do mastro e peguei minha cabeça
Porque é muito difícil
Atravessar o Niágara de bicicleta

Não me diga que os médicos se foram
Não me diga que não tem anestesia
Não me diga que álcool beberam
E que o fio de costura
Foi bordado sobre uma toalha de mesa

Não me diga que as pinças se perderam
Que o estetoscópio faz festa
Que os raios-X foram fundidos
E que o soro já foi usado
Para adoçar café

(Não me diga que estou caindo
De tanta dor
Não me diga que as aspirinas
Mudaram de cor

Não me diga que estão me parindo
Que lhe falta amor
Não me diga que está batendo, oh não)

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Juan Luis Guerra · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por Pedro, Legendado por Jéssica
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.