Aquele que habita
No esconderijo do altíssimo
A sombra do onipotente descansará
Direi do senhor
Tu és meu abrigo
Meu refúgio
E minha fortaleza
Me fazes andar
Em verdes pastos
Eu posso caminhar, caminhar

Cairão mil a minha esquerda
Dez mil a minha direita
Mas,o senhor me livrará
E, seus braços eu descanso
E em suas mãos eu posso confiar

Meu refúgio é o senhor
Meu descanso é o senhor
E em ti, firmado estarei

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir