exibições 1.012

F...da-se (Má Língua)

Junk


Se eu encontro aquela mina, numa mesa lá no bar
Me aproximo chego perto, para quem sabe conversar
Ela olha e me despreza, diz que não, não pode ser
E eu fico feito bobo, não consigo entender
Mas se eu insisto em estar com ela, crio logo confusão
Eu não olho nem reparo doutro lado do balcão

Um sujeito à minha frente vem fazendo assim com a mão
Era o namorado dela, que era um baita dum negão
Eu procuro e não encontro, onde vou me enfiar
Se eu ficar aqui parado, sei que eu vou apanhar
Eu saio de fininho pra tentar me esconder
Fico bem loco com a cena e vou gritar
Fooo...da-se!

Fui num jogo outro dia, pra tentar me animar
Tudo estava indo bem, até o jogo começar
O meu time entrou em campo, mas não tinha titular
Jogou com onze reservas e o juiz metendo a mão
E toma um, e toma dois, e toma três e toma quatro
Todo mundo me olhando e fazendo assim com o braço
Foi quando eu me liguei, que já estava enganado
Toda a minha torcida estava lá do outro lado
Gelei, engoli seco e tentei sair na mão
Estava no segundo tempo, começou a confusão!
Fooo...da-se!

Depois dessa cena toda, com a galera eu fui ter
Começei a encher a cara e não consigo me conter
E vira um, e vira dois, virei três e vira quatro
Eu começo a ficar louco, então eu entro no meu carro
A polícia então me para, bem no meio do caminho
Acenando com a mão e vem mostrando o bagulhinho
Já bem doido perco a calma e também a razão
E olho para o malandro e faço assim com a mão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Beto Camurça / Rodrigo Leal. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog