exibições 1.570

Vilania (Romance de Um Vilão)

K o d a


Sou conquistador de estrelas, devasto mil planetas
Tudo isso só pra te agradar
Eu varro pra longe galaxias, faço escravo em minhas marchas
Tudo isso só pra te conquistar
Eu busco trazer todo mal, mas pra te fazer o bem (ninguém nunca o fará)
Seu sorriso angelical, faz todas as mortes parecerem um pomar

Vou explodir mil cabeças
Que seis balas nunca farão sucumbir
Voarei abrindo minhas fendas
Que nem mack flack sobrara aqui
Transformarei tudo em cinzas
Que até o Bardo não vai resistir
Destruirei todas joias
Que em nenhum universo escapara de mim

Teu olhar me lembra as brasas
Daquele seu vilarejo que eu destruí
Teu abraço esquenta a alma
Acho que minha vilania teve um fim, não

Vou falar muita besteira, fazer (que?) minhas brincadeiras
Tudo isso só (que que ele tá falando?) pra te agradar
Eu vou caminhar rente a praça, dar presentes de graça (não)
Tudo isso só pra te conquistar (não, não, não. Você é um vilão)
Eu busco trazer todo mal, mas pra te fazer o bem (ninguém nunca o fará)
Seu sorriso angelical, faz todas as mortes parecerem um pomar

Vou fazer com que o mal cresça
Que até a força ira sucumbir
Eu vagarei pelas estrelas
Até o engolidor teme a mim
Eu matarei raças inteiras
Menos as que eu até gosto tipo os Kree
Trucidarei a quem esqueça
Que o teu inteiro amor pertence a mim

Teu olhar me lembra as brasas
Daquele seu vilarejo que eu destruí
Teu abraço esquenta a alma
Acho que minha vilania teve um fim

Teu olhar me lembra as brasas
Daquele seu vilarejo que eu destruí
Teu abraço esquenta a alma
Acho que minha vilania teve um fim, não

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog