Muitos falam ninguém ouve
Olha o peso que isso trouxe
Histórias que nunca soube
Sensação de frustração que não me coube

O ontem registrado em poses
Não condiz com a sua realidade hoje (hoje)
E tudo é como se fosse
Uma realidade alternativa doce (doce)

Tudo o que ficou para trás
Não se faz presente
Não me serve mais (não me serve mais)
O que me move me satisfaz
O que não me derruba me dá força, ai, ai

Oh, lai, lai, lai
Oh, lai, lai, lai, lai
Muitos falam, ninguém ouve
Oh, lai lai lai
Oh, lai, lai, lai, lai
Olha o peso que isso trouxe

Tudo o que ficou para trás
Não se faz presente
Não me serve mais (não me serve mais)
O que me move me satisfaz
O que não me derruba me dá força, ai, ai
Oh, lai, lai, lai
Deixa ir
Deixa estar

Muitos falam ninguém ouve (xiii)
Olha o peso que isso trouxe
Histórias que nunca soube
Sensação de frustração que não me coube

O ontem registrado em poses
Não condiz com a sua realidade hoje (hoje)
E tudo é como se fosse
Uma realidade alternativa doce (doce)

Tudo o que ficou para trás
Não se faz presente
Não me serve mais (já não serve)
O que me move me satisfaz
O que não me derruba me dá força, ai, ai

Oh, lai, lai, lai
Oh, lai, lai, lai, lai
Muitos falam, ninguém ouve (ninguém ouve)
Oh, lai lai lai
Oh, lai, lai, lai, lai
Olha o peso que isso trouxe

Tudo o que ficou para trás
Não se faz presente
Não me serve mais
O que me move me satisfaz
O que não me derruba me dá força, ai, ai

Oh, lai, lai, lai

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog