Coward Of The County

Ev'ryone considered him the coward of the county.
He'd never stood one single time to prove the county wrong.
His mama named him Tommy, the folks just called him yellow,
But something always told me they were reading Tommy wrong.

He was only ten years old when his daddy died in prison.
I looked after Tommy 'cause he was my brother's son.
I still recall the final words my brother said to Tommy:
"Son, my life is over, but yours is just begun.

Promise me, son, not to do the things I've done.
Walk away from trouble if you can.
It won't mean you're weak if you turn the other cheek.
I hope you're old enough to understand:
Son, you don't have to fight to be a man."

There's someone for ev'ryone and Tommy's love was Becky.
In her arms he didn't have to prove he was a man.
One day while he was workin' the Gatlin boys came callin'.
They took turns at Becky.... There was three of them!

Tommy opened up the door and saw his Becky cryin'.
The torn dress, the shattered look was more than he couldstand.
He reached above the fireplace and took down his daddy'spicture.
As his tears fell on his daddy's face, he heard these wordsagain:

"Promise me, son, not to do the things I've done.
Walk away from trouble if you can.
It won't mean you're weak if you turn the other cheek.
I hope you're old enough to understand:
Son, you don't have to fight to be a man."

The Gatlin boys just laughed at him when he walked into thebarroom.
One of them got up and met him halfway 'cross the floor.
When Tommy turned around they said, "Hey look! ol' yellow'sleavin'."
But you coulda heard a pin drop when Tommy stopped and blockedthe door.

Twenty years of crawlin' was bottled up inside him.
He wasn't holdin' nothin' back; he let 'em have it all.
When Tommy left the barroom not a Gatlin boy was standin'.
He said, "This one's for Becky," as he watched the last onefall.
And I heard him say,

"I promised you, Dad, not to do the things you done.
I walk away from trouble when I can.
Now please don't think I'm weak, I didn't turn the other cheek,
and Papa, I sure hope you understand:
Sometimes you gotta fight when you're a man."

Ev'ryone considered him the coward of the county.

Covarde da Região

Todos o consideravam o covarde da região.
Ele não aguentaria uma única vez para provar que a região estava errada.
Sua mãe o chamava de Tommy; as pessoas o chamavam de medroso.
Mas alguma cosia me dizia que eles estavam vendo Tommy errado.

Ele tinha apenas 10 anos quando seu pau morreu na prisão.
Eu tomei conta de Tommy, pois ele era o filho do meu irmão.
Eu ainda me lembro das últimas palavras que meu irmão disse a Tommy:
"Filho, minha vida acabou, mas a sua está só começando.

Me prometa, filho, que não vai fazer as coisas que eu fiz.
Se afaste de problemas se você puder.
Não significará que você é fraco se virar a outra face.
Eu espero que você tenha idade o suficiente para entender:
Filho, você não precisa lutar para ser um homem."

Tem alguém para todo mundo, e o amor de Tommy era Becky.
Em seus braços ele não tinha que provar que era um homem.
Um dia enquanto ele estava trabalhando,
Os garotos de Gatlin o vieram chamar. Eles deram uma volta com Becky, Tinha três deles.

Tommy abriu a porta e viu Becky chorando.
O vestido rasgado, a aparência destruída era mais do que ele poderia aguentar.
Ele alcançou em cima da lareira e pegou uma foto de seu pai.
Enquanto as lágrimas caíam sobre o rosto de seu pai, Ele ouviu essas palavras de novo:

"Me prometa, filho, que não vai fazer as coisas que eu fiz.
Se afaste de problemas se você puder.
Não significará que você é fraco se virar a outra face.
Eu espero que você tenha idade o suficiente para entender:
Filho, você não precisa lutar para ser um homem."

Os garotos do Gatlin riram de sua cara quando ele andou até o bar.
Um deles se levantou e encontrou com ele na metade do caminho.
Quando Tommy se virou, ele disseram: "Hei, olhe! O velho covarde está indo embora."
Mas você poderia ouvir um gatilho quando Tommy parou e bloqueou a porta.

Vinte anos rastenjantes se conteram dentro dele.
Ele não segurava nada; deixou eles levarem tudo.
Quando Tommy deixou o bar só um garoto estava de pé.
Ele disse: "Este é para Becky!", e assistia o último cair.
E eu o ouvi dizer,

"Eu prometo pai, não fazer as coisas que você fez.
Eu vou me afastar de problemas quando eu puder.
Agora, por favor, não pense que eu sou fraco; eu não virei a outra face.
E papai, espero que você entenda:
Ás vezes você tem que lutar quando é um homem!"

Todos o consideravam o covarde da região.

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Billy Edd Wheeler / Roger Bowling · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por Bruna
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.