Ô tchê este desafio me deixa muito orgulhoso
Tu tem fama de valente de taura e de gostoso
Mas eu acabo contigo ou não me chamo João Cardoso

Teu nome é João Cardoso mas te chamam de Odete
De dia tu é muito macho de noite vira vedete
O que corta pros dois lados na minha terra é gilete

E na tua terra é gilete pois vem q eu te passo a faca
Vai cuidar da tua mulher sirigaita essa polaca
Namora com meio mundo e te botou chapéu-de-vaca

E me botou chapéu-de-vaca que falta de educação
Tu é muito ignorante precisa de uma lição
Se eu tenho cara de vaca vem cá terneiro-mamão (é filhote)

Vem cá terneiro-mamão, dobra essa língua ou engole
Depois desse desaforo não há mais quem me controle
Eu não sou de perder trova pra gaúcho bunda mole

Me chamou de bunda mole
Bunda mole é rapadura
É melhor ir terminando
Que a coisa já tá escura
Fica o dito por não dito
E joga água na fervura


Tá combinado compadre
Subiu a temperatura


As moças já tão rosadas
Também com tanta grossura


Daqui a pouco se ofendemo
De filho da ditadura
O home pode invocar
E fecha a tal da abertura

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir