Tudo que morre e mim, vive dentro de ti
É uma estrela perdida, nave de luz, na noite
É a vida que venta e renasce sozinha
É o trabalho do tempo que grava em nós
Os sinais do caminho

Tudo que morre em mim, fica ventando no chão
Paixão de luz sem fim que o amor leva, leve
No colo azul da brisa, a lisa mão do mar
Nas notas do meu cantar que grava em nós
Os sinais do caminhar

Mas tudo renasce em ti
amor, amar, auroras
Lugar donde nunca parti
que brilha, brilha, brilha
Ontem, hoje, agora
No céu, no mar, no sul

Na pampa de luz azul
Amor, amar, auroras
Lugar donde nunca parti
que brilha, brilha, brilha
Perdido cometa, perdido cometa
Na trilha luminosa deste planeta!
Perdido cometa, perdido cometa
Na trilha luminosa deste planeta!

Mas tudo renasce em ti
amor, amar, auroras
Lugar donde nunca parti
que brilha, brilha, brilha!
Ontem, hoje, agora
No céu, no mar, no sul!

Na pampa de luz azul
Amor, amar, aurora
Lugar donde nunca parti
que brilha, brilha, brilha!
Perdido cometa, perdido cometa
Na trilha luminosa desse planeta!
Perdido cometa, perdido cometa
Na trilha luminosa desse planeta!

Perdido cometa, perdido cometa
Na trilha luminosa desse planeta!

Perdido cometa, perdido cometa
Na trilha luminosa desse planeta!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Luiz De Miranda / Pery Souza · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Frederico
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.