Tudo O Que Odeio Em Mim

Lab


São 22 e ainda não consigo me entender
De muitas coisas que faço eu pergunto por quê?
Muitas saídas mesmo assim eu escolho ficar
Eu analiso, mas não consigo nada aplicar

Sim, são muitas coisas que eu odeio em mim
Começo algo e logo após eu já decreto o fim
Sou impulsivo às vezes eu não paro pra pensar
Vou la e faço depois fico a lamentar

Mas o incrível é que pra outros digo o que fazer
Mas se trata de mim não posso me obedecer
Bom com palavras, nunca quis chamar a atenção
Não acredito quando dizem que eu tenho um dom

Me sinto um mentiroso quando digo o que fazer
Se eu nunca fiz por mim como eu digo pra você?
Posso estar certo e acertar duas ou três vezes
Mas quando errar posso acabar com algo em poucos meses

Eu observo tudo mais de tudo eu não sei
Posso até dar conselhos, mas da sua vida eu não sei
Pode fazer sentido o que eu posso te falar
Mas analise se vale a pena me escutar

Não tem motivos pra ninguém se espelhar em mim
Mostro o que eu quero, não que sintam uma pena de mim
Parecer frio é uma das coisas que odeio em mim
Não mostro sentimentos e parece não ter fim

A verdade é que eu sinto muito e mostro pouco
Pareço um lobo solitário que não quer conforto
Mas, no fundo o que eu quero é um abraço forte
Alguém que ajude a seguir, alguém me conforte

Será que alguém um dia vai poder me entender
Será que um dia dessa vida eu me desprender
Um dia sei que vou acabar tendo que me render
E nesse dia quantos estarão aqui pra defender

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts