Eu continuo falando
E fazendo tudo do meu jeito
Vou dobrando as cobranças
Comparações e preconceitos

A minha arte é falar de mim mesmo
Sou caipira e continuo roqueiro
E a verdade que eu carrego em meu verso
eu levo até pro estrangeiro

Eu faço o que eu quiser
Eu vou pra onde eu quiser
Vou seguir meu caminho
Seja o que Deus quiser

E onde quer que eu ande
Tem sempre alguém botando defeito
Tem sempre um puxa-saco
Que não passa de um interesseiro

E sou caipira mas sou verdadeiro
Eu quebro tudo - eu toco o puteiro
E a verdade que eu carrego em meu verso
eu levo até pro estrangeiro

Eu faço o que eu quiser
Eu vou pra onde eu quiser
Vou seguir meu caminho
Seja o que Deus quiser

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir