Foto do artista Lauana Prado

Não Tem Bar Na Cidade

Lauana Prado


Outra vez, outro beijo, outro corpo
Outra mão que me toca
Mas, por dentro, a mesma saudade
Um coração que chora

Até hoje, ninguém superou
O seu jeito exclusivo de fazer amor
Me explica a gente ser passado se nunca passou
Quando não tô pensando em você, eu só penso em nós dois

Não tem bar na cidade que nunca contei nossa história
E esse copo de uísque sem gelo é o que me consola
Quantas vezes tentei te trocar
Mas acabo a noite aqui sempre do mesmo jeito
Procurando em você um defeito
Que eu não vou encontrar

Não tem bar na cidade que nunca contei nossa história
E esse copo de uísque sem gelo é o que me consola
Quantas vezes tentei te trocar
Mas acabo a noite aqui sempre do mesmo jeito
Procurando em você um defeito
Que eu já tenho certeza que nunca vou encontrar

Até hoje, ninguém superou
O seu jeito exclusivo de fazer amor
Me explica a gente ser passado se nunca passou
Quando não tô pensando em você, eu só penso em nós dois

Não tem bar na cidade que nunca contei nossa história
E esse copo de uísque sem gelo é o que me consola
Quantas vezes tentei te trocar
Mas acabo a noite aqui sempre do mesmo jeito
Procurando em você um defeito
Que eu não vou encontrar

Não tem bar na cidade que nunca contei nossa história
E esse copo de uísque sem gelo é o que me consola
Me consola
Quantas vezes tentei te trocar
Mas acabo a noite aqui sempre do mesmo jeito
Procurando em você um defeito
Que eu já tenho certeza que nunca vou encontrar
Que nunca vou encontrar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir