Vagabundo, vacilão, tem que ir embora mesmo
Vai procurar outra
Tu vai comer pão com ovo em outro lugar
Comigo é assim, não quero saber
Tá pensando o que, vai ficar assim não

Não vou pedir a conta
Já estou gostando do ambiente
O meu astral subiu inexplicavelmente
Garçom me traga por favor outra gelada
E mais um quente

Eu hoje estou por conta
Pra que, que eu fui brigar com ela
Toda a briga sempre deixa uma sequela
Eu vou beber, eu vou zuar
Hoje eu não volto pra favela

Eu beber pra tentar esquecer
Vou zuar até o amanhecer
Esperar a saudade bater
Pra retornar, pra resolver
Tentar me controlar daqui pra frente
Ninguém pode raciocinar com a cuca quente

Eu vou beber

Vou beber pra tentar esquecer
Vou zuar até o amanhecer
Esperar a saudade bater
Pra retornar, pra resolver
Tentar me controlar daqui pra frente
Ninguém pode raciocinar com a cuca quente

Não vou pedir a conta
Já estou gostando do ambiente
O meu astral subiu inexplicavelmente
Garçom me traga por favor outra gelada
E mais um quente

Eu hoje estou por conta
Pra que, que eu fui brigar com ela
Toda a briga sempre deixa uma sequela
Eu vou beber, eu vou zuar
Hoje eu não volto pra favela

Vou beber pra tentar esquecer
Vou zuar até o amanhecer
Esperar a saudade bater
Pra retornar, pra resolver
Tentar me controlar daqui pra frente
Ninguém pode raciocinar com a cuca quente

Eu vou beber

Vou beber pra tentar esquecer
Vou zuar até o amanhecer
Esperar a saudade bater
Pra retornar, pra resolver
Tentar me controlar daqui pra frente
Ninguém pode raciocinar com a cuca quente

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Claudemir / Ricardo Moraes / Serginho Meriti · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Carla
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.