Mal intencionado
Meu amor é mal intencionado
Quando não está nos planos
Quando só quer o teu bem
E, quando não convém,
Mata a tua fome, quase me consome
E some
Por aquela porta
Deixa a impressão que não retorna
Espera que eu fique de pé
Então me corta na metade
Sem dó, sem piedade

Ah, como é ruim viver assim
Sob a sombra de segredos
Pretencer a outro enredo
Se o beco é no teu beijo
E a carne é a única saída
Pele, gosto, fogo e paz

O que é pra ser a despedida
Vira ponto de partida
Em teus braços outra vez
Se meu coração pede passagem
A razão perde a razão em mim
Doa a quem doer
Mesmo que sem querer

Mal intencionado, o meu amor descontrolado
Pede mais, precisa mais de ti.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts