Eterno Amor

Lilian Lopes

exibições 32

Quando a força já se foi
Difícil até de respirar
Mas aqui estou, pra te buscar
Às vezes, tão pequeno sou
Não é tão claro teu agir
Mas aqui estou pra te ouvir

Quando vem a escuridão
E sinto um vento forte vindo contra mim
Olho sempre para os montes
Sei que o meu socorro vem de tuas mãos

Meu salvador, tudo o que sou entrego aos teus pés aqui
Rendido estou, meu redentor ôô ôô ôô eterno amor ôô

Quando a força já se foi
Difícil até de respirar
Mas aqui estou, pra te buscar
Às vezes, tão pequeno sou
Não é tão claro teu agir
Mas aqui estou pra te ouvir

Quando vem a escuridão
E sinto um vento forte vindo contra mim
Olho sempre para os montes
Sei que o meu socorro vem de tuas mãos

Meu salvador, tudo o que sou entrego aos teus pés aqui
Rendido estou, meu redentor ôô ôô ôô eterno amor ôô
Ôô ôô ôô eterno amor ôô

Aleluia, aleluia
Aleluia

Meu salvador, tudo o que sou entrego aos teus pés aqui
Rendido estou, meu redentor ôô ôô ôô eterno amor ôô
Ôô ôô ôô eterno amor ôô

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir