Skellig

O light the candle, John
The daylight has almost gone
The birds have sung their last
The bells call all to mass

Sit here by my side
For the night is very long
There's something I must tell
Before I pass along

I joined the brotherhood My books were all to me
I scribed the words of God
And much of history

Many a year was I
Perched out upon the sea
The waves would wash my tears,
The wind, my memory

I'd hear the ocean breathe
Exhale upon the shore
I knew the tempest's blood
Its wrath I would endure

And so the years went by
Within my rocky cell
With only a mouse or bird
My friend; I loved them well

And so it came to pass
I'd come here to Romani
And many a year it took
Till I arrived here with thee

On dusty roads I walked
And over mountains high
Through rivers running deep
Beneath the endless sky

Beneath these jasmine flowers
Amidst these cypress trees
I give you now my books
And all their mysteries

Now take the hourglass
And turn it on its head
For when the sands are still
'Tis then you'll find me dead

O light the candle, John
The daylight is almost gone
The birds have sung their last
The bells call all to mass

Skellig

Oh, acenda a vela, John
A luz do dia já quase se foi
Os passáros cantaram suas derradeiras
Os sinos chamam todos para a missa

Sente-se aqui ao meu lado
Pois a noite é muito longa
Há algo que devo lhe dizer
Antes que eu parta para longe

Eu me liguei à irmandade Meus livros foram tudo para mim
Eu rabisquei as palavras de Deus
E muito de História

Envelhecido eu estava
Empoleirado acima do mar
As ondas deveriam lavar minhas lágrimas
O vento, minha memória

Tenho ouvido o oceano respirar
Exalar sobre a terra firme
Eu sabia do sangue da tempestade
Sua ira eu deveria tolerar

E então os anos se passaram
Dentro de minha cela rochosa
Com apenas um rato e um pássaro
Meu amigo, eu os amava muito

E então veio a passar
Vim aqui para Romani
E muitos anos levaram
Até eu chegar aqui contigo

Em estradas empoeiradas em caminhei
E por sobre altas montanhas
Através de correntezas profundas
Sob o céu sem fim

Sob estas flores de jasmim
No meio dos ciprestes
Te dou todos os meus livros
E todos os seus mistérios

Agora pegue a ampulheta
E vire-a de cabeça para baixo
Pois quando a areia estiver parada
Será quando me acharás morto

Oh, acenda a vela, John
A luz do dia já quase se foi
Os passáros cantaram suas derradeiras
Os sinos chamam todos para a missa

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir