Posso sentir o seu coração quando estou aqui na escuridão
E ouvir sua voz a me chamar: "Vem pra mim".
Desejo seu amor como a terra deseja chuva
Pois estou tão cansado de errar, meu Senhor

Refrão
Ó, Água da Vida que corre como um rio
Estou tão sedendo por Ti
Jorra em mim, ó Água da Vida.
Água que enche o meu ser.

Tu me chamavas sempre, meu Senhor e eu tentava me esconder
Mas mesmo ainda antes de eu nascer, amavas-me.
Tão cego eu já fui e tão só nas trevas andei
Perdoa-me e me salva outra vez.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir