Foto do artista Luiz Ayrão

Um Samba Merece Respeito

Luiz Ayrão


Vai, vai fazendo assim comigo
Que um dia desses o castigo
Chega pra você, mulher
E voce vai, vai sentir na própria carne
A desforra desse charme
Que faz quando diz que não me quer
E que um dia
Vai embora e me deixa
Sem tristeza e sem queixa
Pois eu nada represento
Vai, vai mexendo com a saudede
Vai brincando com a verdade
Vai semeando o vento
Vai me roubando a alegria
Me levando à agonia
Machucando meu peito
Vai, vai, vai...
Não digo agora que lugar te mando
Esse é um samba que estou cantando
E um samba merece respeito

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir