exibições 21.384
Foto do artista Luiz Marenco

Meu Rancho

Luiz Marenco


Que alma tem o meu rancho
Por isso deixá-o como
Pedaço de céu com terra
Folheado de cinamomos
Silêncio rodeado a berro
Solidão sem viver só
Madeirama de pau ferro
Toda atada com cipó

Mangueira de pedra moura (Refrão) 2X
Que nunca mais ter fim
Um restingal de vassoura
Pôr de sol perto de mim

Coqueiral e caturrita
Galpão de fogo paxorro
E uma xirua bonita
Cavalo bom e cachorro...

Com chuva acorde e milonga
Consola o campo cedinho
Por aqui a noite é longa
E o dia devagarzinho
Quando eu saio mais que um dia
Este rancho é um ser vivente
Me recebe com alegria
Tem saudade como a gente

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir