Faça login para habilitar sua assinatura e dê adeus aos anúncios

Fazer login
exibições de letras 360.098

Primeiro era vertigem
Como em qualquer paixão
Era só fechar os olhos
E deixar o corpo ir no ritmo
Depois era um vício, uma intoxicação
Me corroendo as veias
Me arrasando pelo chão

Mas sempre tinha a cama pronta
E rango no fogão

Luz acesa
Me espera no portão pra você ver
Que eu tô voltando pra casa
Me vê
Que eu tô voltando pra casa outra vez

Às vezes é tormenta
Fosse uma navegação
Pode ser que o barco vire
Também pode ser que não
Já dei meia volta ao mundo
Levitando de tesão
Tanto gozo e sussurro
Já impressos no colchão

Pois sempre tem a cama pronta
E rango no fogão, fogão

Luz acesa
Me espera no portão pra você ver
Que eu tô voltando pra casa
E vê
Que eu tô voltando pra casa outra vez

Primeiro era vertigem
Como em qualquer paixão
Logo mais era um vício
Me arrasando pelo chão
Pode ser que o barco vire
Também pode ser que não
Tanto gozo e sussurro
Já impressos no colchão

Pois sempre tem a cama pronta
E rango no fogão

Luz acesa
Me espera no portão pra você ver
Que eu tô voltando pra casa
Me vê
Que eu tô voltando pra casa


Que eu tô voltando pra casa

Que eu tô voltando pra casa outra vez

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Lulu Santos. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Taina. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Lulu Santos e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500


Opções de seleção