exibições 688.207

Liberta-me de Mim

Luma Elpidio


Não entendo o meu próprio agir
Sem tua graça o que seria de mim?
Não entendo o meu próprio agir
Sem tua graça o que seria de mim?

Pois o bem que eu quero fazer não faço
E o mal que eu não quero, esse sim, acabo cometendo

Em meu ser militam carne e espírito
Em uma guerra infindável à qual eu não me rendo

Pois meu corpo já foi vendido como escravo
E não existe bem nenhum em mim, apenas o pecado

Mas eu sei que no tocante ao meu interior
Tenho prazer na Sua lei, Tu és o meu amado

Então liberta-me de mim
Eu quero ser a sua casa
Se você estiver aqui
Eu sei, eu venço o pecado

Então enche-me de Ti
Até que não haja mais espaço
Pois quando estou em Tua presença
O meu viver é transformado

E eu passo a ser
Livre pra viver
A Tua vontade

Ao Te conhecer
Todo o meu ser
Se enche de bondade

E reina
O espírito
Sobre a carne

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir