Quinteto do Patinho Feio (Ou contos nostalgicos para um novo Espirito)

Malk Espanca

exibições 200

É a tuberculose que se pega todod dia
Ouvindo a musica que se cria na janela
A inconstancia renitente e a morte da ideia,
Sei que todos descançam,
Eu quero tambem.

A manifestação vai passando,
mas nem parece,
e até parece Carnaval
Com suas fantasias eles tentam se exibir
e essa nova doença é minha também.

Vou rolar os dados,
qual é sua classe de armadura?
Tire 10 pontos de vida.
Continuando a Aventura
que vejo todo dia debruçado na sacada.

Agonizando de dor
no palácio da justiça.
Pega o emplastro e vem cuidar de min,
seja sempre inha mulher maravilha
me acompanhando na incostancia renitente.

Abone minhas faltas,
conserte meu relogio,
oi tudo bem, como tu estas?
Eu te adoro, você é D+
por isso eu prego a orte da déia.

Os manifestantes vão passando,
Vou rolar os meu dados,
Estou agonizando de dor
então abone minhas faltas,
se todos descamçam eu quero tambem.

Eles vão se exibir,
eu continuo a aventura.
Seja sempre minha
pois eu te adoro você é D+.
Abone minhas faltas...

É a Tuberculose que se pega todo dia,
mas nem parece e até parece carnaval.
Qual é a sua classe de armadura?
E se há morte da idéia,
essa nova doença é minha também.

Vou rolar os dados
no palacio da justiça
e continuando a aventura
(só a incostacia renitente),
Mas se todos descançam eu quero também.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir