Na expressão de um olhar a gente vê quem errou
É humano ter que errar...
para mudar o que o destino criou

Na expressão de um sorriso a gente vê gratidão...
Por alguém que fez parar um tempo a dor...
Em meio à escuridão

Se esconde dentro do cobertor
A rua é fria, a madrugada é terror
Não tem mais medo, como não tem mais cama
Isso é apenas uma expressão humana

Se esconde dentro do cobertor
A rua é fria, a madrugada é terror
Não tem mais medo, como não tem mais cama
Isso é apenas uma expressão humana da dor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir