Com a roupa só do corpo
Deus eu vim pra confessar
Só sobraram algumas lágrimas escondidas no olhar
Não dá mais pra viver de falsa aparência
Se eu sou o espelho da própria falência
Com a alma gritando socorro
No fundo do poço.

Já não quero nem lembrar de como eu cheguei aqui
Desacreditado da vida, só pensando no meu fim
Mas ouvi que És especialista em impossivel
Mesmo que o quadro seja irreversível
Que pra tudo o Senhor tem jeito
É só eu acreditar.

Eu fui abandonado pela vida
Abandonado e sem saída
Comendo as migalhas que os outros dão
Como um pequenino cão.

Só aqui eu descobri que Deus me ama
Nesse altar eu descobri que sou alguém
Vou agir a minha fé, vou me lançar
Meu Deus eu sei vou conquistar.

Já não quero nem lembrar de como eu cheguei aqui
Desacreditado da vida, só pensando no meu fim
Mas ouvi que És especialista em impossivel
Mesmo que o quadro seja irreversível
Que pra tudo o Senhor tem jeito
É só eu acreditar.

Eu fui abandonado pela vida
Abandonado e sem saída
Comendo as migalhas que os outros dão
Como um pequenino cão.

Só aqui eu descobri que Deus me ama
Nesse altar eu descobri que sou alguém
Vou agir a minha fé, vou me lançar
Meu Deus eu sei vou conquistar.
Eu fui abandonado pela vida
Abandonado e sem saída
Comendo as migalhas que os outros dão
Como um pequenino cão.

Só aqui eu descobri que Deus me ama
Nesse altar eu descobri que sou alguém
Vou agir a minha fé, vou me lançar
Meu Deus eu sei vou conquistar.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Beno Cesar / Solange de Cesar · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Nildo
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.