exibições 4.284

A Dama do Lago

Marcelo Bonfá


Confesso que me enganei,
Nem tudo foi como eu quis,
E a luz dos meus olhos
De prata virou aço e de aço solidão,
Perdi a fé e o caminho,
Nada explica nem consola deixar de existir,
E o mal maior parecia estar,
Não dentro de mim, mas nas mãos de quem tentou me ajudar,
Eu nunca quis te machucar,

E quanto mais eu me feria
Mais me doía ver você sangrar,
O que era medo hoje é motivo,
E os erros são as lições,
Tenho a sorte fiel escudeira como tenho você,

Agora estou tranquilo assim,
Tenho a mim mesmo e sei que tenho abrigo,
Tenho minha asas
Ainda tão fortes que posso te levar comigo.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Gian Fabra / Marcelo Bonfá. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog