exibições 363

Nunca houve mulher,
Igual a Gilda !
Oh, Gilda, meu bem,
Não me faça esperar,
Não, não,
Ela sai, esquece de voltar,
E quando volta,
Não dá confiança de se explicar !

Não sabe pedir desculpa,
Não sabe pedir perdão,
Tem certeza que tem um lace,
Que eu tenho um bom coração,
Eu só me zango de boca,
De raiva não sei guardar,
Quando ela sai eu pergunto:
À que horas vai voltar ?
Não vai demorar ?..

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir