exibições 4.040

Nasci na praia do vizinho 86,
Vai fazer um mês,
Vai fazer um mês,
A minha tia me emprestou cinco mil réis,
Pra comprar pastéis,
Pra comprar pastéis,

É futurismo, menina,
É futurismo, menina,
Pois não é marcha,
Nem aqui nem lá na China.

Depois mudei-me para a Praia do Cajú,
Para descansar,
Para descansar,
No cemitério toda gente p'ra viver,
Tem que falecer,
Tem que falecer.

Seu Dromedário é um poéta de juízo,
É uma coisa louca,
É uma coisa louca,
Pois só faz versos quando a lua vem saindo,
Lá do céu da boca,
Lá do céu da boca....

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir