Eu Bebo Pinga,
Pois vejo no fundo do copo a foto daquela menina
Que tanto eu amei,
Que eu tanto amei.

Eu vou bebendo,
Tentando matar essa moça afogada,
No fundo do copo ela da uma risada,
Dos tombos da vida que eu já levei.

(Aaohh Trem!!)

Vou Passar na casa dela,
Depois que eu sair daqui
Vou bater na sua janela, hoje ela não vai durmi.
Vou levando essa conta,
Que é pra nóis dois dividir,
Porque foi por causa dela que desse tanto eu bebi.

Eu Bebo Pinga,
Pois vejo no fundo do copo a foto daquela menina
Que tanto eu amei,
Que eu tanto amei.

Eu vou bebendo,
Tentando matar essa moça afogada,
No fundo do copo ela da uma risada,
Dos tombos da vida que eu já levei.

(e vamo pro Buteco com Marco Dinis)

Vou Passar na casa dela,
Depois que eu sair daqui
Vou bater na sua janela, hoje ela não vai durmi.
Vou levando essa conta,
Que é pra nóis dois dividir,
Porque foi por causa dela que desse tanto eu bebi.

Eu Bebo Pinga,
Pois vejo no fundo do copo a foto daquela menina
Que tanto eu amei,
Que eu tanto amei.

Eu vou bebendo,
Tentando matar essa moça afogada,
No fundo do copo ela da uma risada,
Dos tombos da vida que eu já levei.

Eu Bebo Pinga,
Pois vejo no fundo do copo a foto daquela menina
Que tanto eu amei,
Que eu tanto amei.

Eu vou bebendo,
Tentando matar essa moça afogada,
No fundo do copo ela da uma risada,
Dos tombos da vida que eu já levei.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir