exibições 414.094

Ah, que se o amor não é mais como antes
Meu bem
Deve ser do mundo que gira
Ou de uma outra mulher
A culpa
Deve ser do tempo que passa e das rugas
Distantes do rosto, mas vistas
De longe
No fundo da alma

Do gosto que muda
De quando em vez.
Calma!
Espera por mim!
De novo e sempre um carinho se fez

Não vale a pena sangrar por sangrar,
Crescer de véspera
Fugir
Diante das palmas
Lembrar de rolar um pranto, enfim...

Não durma antes de sonhar!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Aureo Gandur / Fred Sommer. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Bruna. Legendado por Thaís. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog