Mundo líquido peixe
A vida de olhos abertos
No planeta das águas
Qualificam-se maravilhas

Quem revela os mistérios
E os rumos dos seres aquáticos?
Suas naves famílias
E o agudo mais grave das ondas?

Vou povoar em sentidos
O negro mar boia hídrica
Vou ver Iara Amazônica
E seu cardume de náufragos

Vou debruçar meu caráter
No Negro Rio, mata híbrida
Quero contar aos meus filhos
Sobre um mergulho fantástico

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir