Um dia eu vou te levar lá no morro
E você vai ver como é bom de morar
A felicidade já nasce primeiro
No rosto guerreiro do povo de lá

Da roda de samba já sai um trocado
Que faz o churrasco pra gente cantar
No morro que eu fui nascido e criado
Por isso me amarro naquele lugar

É lá que tem gente que sai pro batente
Sem quebrar corrente (no morro)
É lá que tem samba, cerveja gelada
E a mulherada (no morro)

Onde jogo bola, vou pra minha escola
Fico de marola... No morro
Saio de banda com meu pessoal
E curto o visual... Do morro

O morro
Sabe receber quem for te visitar
O morro
É puro lazer, só saber respeitar
E o povo
Não perde esperança de acreditar
O morro
E ver na criança o futuro de lá

Um dia eu vou te levar lá no morro
E você vai ver como é bom de morar
A felicidade já nasce primeiro
No rosto guerreiro do povo de lá

Da roda de samba já sai um trocado
Que faz o churrasco pra gente cantar
No morro que eu fui nascido e criado
Por isso me amarro naquele lugar

É lá que tem gente que sai pro batente
Sem quebrar corrente (no morro)
É lá que tem samba, cerveja gelada
E a mulherada (no morro)

Onde jogo bola, vou pra minha escola
Fico de marola... No morro
Saio de banda com meu pessoal
E curto o visual... Do morro

O morro
Sabe receber quem for te visitar
O morro
É puro lazer, só saber respeitar
E o povo
Não perde esperança de acreditar
O morro
E ver na criança o futuro de lá

O meu morrão!

Um dia eu vou te levar lá no morro.
Ô meu morro, morro de saudade de você!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir