Nota de Cem
Eraldo Divagar/ Criolo Doido/Osmar Santos

Part. Especial: Tunico Ferreira

Há quanto tempo eu não vejo uma nota de cem
Eu também
Há quanto tempo eu não vejo uma nota de cem
Ela fugiu de mim, foi levada pelo vento
Mas eu não reclamo, sei esperar, eu não lamento
Porque o vento vai, porque o vento vem
Vai trazer ela de volta
Pra mim e pra você também

Aos trancos e barrancos saio do sufoco
Pobreza não tem
Eu dou nó em pingo d'água
Até solto pipa com linha de trem
E mesmo assim eu não vejo uma nota de cem
Mas eu não reclamo da vida, (mentira)
Sou feliz assim e vivo muito bem

Saio de casa cedinho,
A minha vida é um vai e vem
Correndo atrás de um troco
Pra compra o leite do neném
E no fim do mês
Meu salário parece um vintém
Descontado, trocado em miudos
Mas nunca vem uma nota de cem.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir