Existem segredos guardados
Jamais na vida revelados
Onde os olhos na história
Não registram na memória
Mentes tímidas olhos vendados
Nestes mundos sufocados!
Enchendo os olhos com a poeira
Perdendo a vida sorrateira

Ref.:
Para morrer
Em uma sanção
Com seus direitos
Em cega opressão

As brincadeiras não são mais as mesmas
Os homens não querem mais sorrir
As crianças armadas ficam a postos
E nós é que temos que tentar fugir
Tentar fugir

Deixando o mundo em coma
Com sua química profana
Construindo suas bombas
Envenenados com intrigas
Que homem há de imaginar
Passando horas a pensar
Numa condição numa forma
Para seu mundo exterminar

Refrão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts