Sangue verdadeiro

Mattos Nascimento

exibições 11.026

Sinto graça e poder quando canto ao Senhor
Não esqueço o amor que me deu lá na cruz
Sua paz eu já tenho, feliz eu já sou
Através do seu sangue minha alma salvou

Sangue, sangue vertido no madeiro
Sangue, sangue, sangue verdadeiro

Ao lembrar o calvário onde aconteceu
O sofrer do meu Mestre que ali morreu
Aliança eu tenho com o meu Jesus
A minha garantia e o sangue da cruz

Esse mundo rejeita a paz divinal
Não querendo ouvir a mensagem real
Mas os salvos cantando no céu estarão
Adorando ao cordeiro do Pai da salvação

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir