Parei o carro em frente ao bar, toquei um som
Tião carreiro pra chamar a atenção
Parou do lado de camionete a patricinha
Ouvindo rock botando a maior pressão

Tirando onda com a minha cara
Disse que eu não sou de nada
Que os caipira não aguenta a pressão
Desaforado, topei uma parada
Rodada de cerveja, eu no whisky, ela na breja
No vira, vira, vira, vamos ver o que vai dar

Essa menina tem cara de bandida
Banca de patricinha, mas no fundo é sertaneja
Virando todas nós fomos lá pra casa
No jeito da madeira, domei a patricinha [x2]
Com certeza

Não aguentei, parei, mas o final foi bom
A patricinha me venceu mas eu ganhei seu coração [x2]

[ Repete tudo ]

Hoje ela escuta Tiao Carreiro
Curte moda de viola
Vai em shows de Mayck e Lyan
Tunico e Tinoco ela virou fã, ai ai

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir