Era o pedido de paz que o moleque fazia ao som do
tambor
Era a Canção da verdade daquele moleque que ele
cantou
Era a verdade do povo do cotiadiano daquele moleque
Era o moleque querendo falar do amor que seu povo
carece

Era papel na mão,
Era mão na caneta
Era revolta daquele moleque
Que ele transformava em letra.
Era seu ponto de Vista
Traçado na força da brisa do vento.
Era o seu tempo de vista
Gastado na inspiração do momento


Moleque, se joga!
Corre atrás dos seus sonhos
Que o tempo não espera
E o mundo das Voltas
você tem um na vida
Deus te deu uma davida da sua vida
Deus so traz alegria
Pro povo e a vibraçao é positiva (bis)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir