Lágrimas caem quem já passou no sofrimento
Coração bate acelerado mó saudade
Na minha vida toda só tinha arrebento
Família unida e os amigos de verdade

Era muito longe às vezes não tinha visita
Graças a Deus os companheiros lá da ilha
Sempre chegaram e nunca esqueceram de mim
Em qualquer situação eu ia até o fim

Mas mesmo assim a saudade continuava
E a depressão dominava na madrugada
E lá no pátio na direta andava só
E os companheiros diziam conversa que é melhor

Um dia igual aos outro tava fazendo uma letra
Dos amigos meus que estão bem lá no céu
No mesmo dia tinha atracado um sedex
Do meu pai escrito, Eduardo, a saudade é cruel
Você seguiu essa vida porque tu quis
Eu e sua mãe que te amamos estamos aqui
Infelizmente tu se encontra aí
A nossa vida aqui fora tá infeliz

Cai lágrimas, caem agora
E vão embora, no rosto rolam
Rolam rolam várias lágrimas
Caem agora e vão embora
No rosto rolam de quem te adora

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir