Acordei diferente
Ou talvez os dias foram todos iguais
Não fiz nada demais
Ou talvez fiz demais
Eu fiz demais por quem não merecia
E fiz porra nenhuma pra pessoas tão especiais
Olhei pra trás
Não vi nenhum filha da puta
Que me abraçou e me chamou de irmão nessa bosta
Olhei pra frente
Vi mais de mil filha da puta querendo me abraça
Me apunhalar pelas costas
É foda
Minha mãe falou pra ir estudar
Eu fui queimar o prensado
Fiz várias fita errada, pra ter uma fita boa
Mas o problema não são pessoas com poder
O problema são pessoal com poder sobre outras pessoas
Vários tentaram ser Neymar
Mas se tornaram Ganso
Enquanto uns nem sequer chegaram lá
Nem vão chegar!
Ta mais perdido no mundão do que o sinal da Tim
Tu quer ter peito pra correr ou pulmão pra fumar?

Hum me desculpe baby
Só mais um desabafo, só mais um texto pra ela

Desculpe os erros tolos
Sei que me acham um louco
Cara de peixe são sempre tão bobos
Pras putiane me fingo de capricórnio
E depois de fazer ela gozar falo que sou de touro
Continuei pensando as mesmas merdas
Só não falei pra não pensarem merda
Errei, se é pra mudar, mudei
Mudou o vaso, a pia e o toilette
Só não mudou a bosta que eu sempre caguei!
Por muito tempo eu fui tudo que eu pude
Oh, agora eu sei que eu sou tudo que eu quero
E como eu quero alguém, ser alguém
Que não seja alguém por causa de alguém
Talvez eu chego em alguém que eu não espero
Nossos livros de história, foram discos de rap
Mano Brown e Eduardo foi meus professor
Teus ídolos lutaram por peça da Gucci
Os meus lutaram por um mundo sem guerra de cor!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir