Eu vi coroa de flores, partidas recentes
Futuros promissores acabarem de repente
Deixando a tristeza que paira entre a gente
Uns de maior idade e outros adolescente

Eu vi as lágrimas da mãe, as lágrima do pai
E a quebrada em peso chorar no enterro
Aí, fiel, descanse em paz, aqui jaz um guerreiro
Desfalcando na terra o time de maloqueiro

Tô com mó saudade
Porque o Tiquinho não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
O Nego Tatas não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
Meu mano Chapa não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
Nessa canção eu vim eternizar

Tô pra passar minha mensagem, não apedrejar
Mostrar pra molecada que o crime é ilusão
E mesmo na dificuldade saiba recusar
Vida bandida é dois caminho, cadeia ou caixão

Eu tô com mó saudade
Porque o Tiquinho não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
Meu mano Tatas não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
Porque o Cleitinho não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
Nessa canção eu vim eternizar

Eu vi coroa de flores, partidas recentes
Futuros promissores acabarem de repente
Deixando a tristeza que paira entre a gente
Uns de maior idade e outros adolescente

Eu vi as lágrimas da mãe, as lágrima do pai
E a quebrada em peso chorar no enterro
Aí, fiel, descanse em paz, aqui jaz um guerreiro
Desfalcando na terra o time de maloqueiro

Tô com mó saudade
Porque o Tiquinho não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
O Nego Tatas não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
Meu mano Chapa não vai mais voltar
Eu tô com mó saudade
Nessa canção eu vim eternizar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir