Ei, mina, lembra quando nóis era só clima?
Eu te cantava Djavan e você ouvia
Com uma carinha de quem já sabia
Que nossa história ia durar

Eu sentia, que ia longe essa parada
Eu previa, que minha vida ia mudar
E arrepia só de lembrar você passar
Minha alegria foi um dia te trombar

Um detalhe faz sim a diferença
Quando cê colava e nem notava a minha presença
Eu ficava boladão, me exibia igual criança
Cada palavra sua despertava esperança e eu
Moleque bobo, parecia tão apaixonado ali que
Todo mundo via, percebia
Eu acho que você se aproximou por isso
E eu nem sabia o que fazer
Mas já era ali, o seu melhor amigo

E eu lembro da gente ali, dividindo um açaí
Juntos num fim de semana e um filme pra distrair
E eu naquela quisera, Cinderela que eu sonhei
Lembro de cada frase apaixonada que eu falei
Quando tinha que te ouvir reclamar
Que fulano não te dava uma moral
Que se pá cê ia cê declara
Eu sofri mas sempre fui durão, não me abri
Tinha que congelar meu coração
Eu senti foi uma vontade de te abraça
Quando eu vi que o ano já tava pra terminar
E eu ali sem coragem pra dize que a mina
Que eu queria pra minha vida era você

Nosso último dia de aula, no último ano de escola, pô
Quem disse que eu queria sai fora?
Enfim o sinal bateu e a galera se despedindo
E você bonitinha com aquele sorriso lindo
Mas passou.. um filme na minha mente
Quantas vezes sonhei com um futuro, com a gente?
Ensaiei um discurso pra falar se te visse por aí, sei lá
Perguntar como é que ta!
Eu não sei, pô, nem fiquei sabendo se mudo
Esses dias eu vi os cara e os moleque me citou
Que te viu de role com as amiga
E eu me segurei pra não fala que eu gosto do cê ainda
Mas deixa vim, essas coisas são assim!
E eu com aquela sensação de que ainda não tá no fim
Nem dormi, cochilei e sonhei com você
E acordei, com aquela vontade de ir te ver

Revirei minhas coisas e num caixote velho
Eu achei seu número anotado num caderno
Eu pensei que num ia ter coragem pra ligar
Mas mesmo se não der certo, não custa nada tentar!
Eu aqui só, vendo o batimento acelerar
Minha mão tremeu, eu nem sabia o que falar
Ta chamando e eu aqui travado no celular
Nem sei o que vou falar
'Alô?!..'

'Ei, mina, lembra quando nóis era só clima?
Eu te cantava Djavan e você ouvia
Com uma carinha de quem já sabia
Que nossa história ia durar
Eu sentia que ia longe essa parada
Eu previa que minha vida ia mudar
E arrepia só de lembrar você passar
Minha alegria foi um dia te trombar'

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir