Foto do artista Xamã

Seu Rei (part. Fler e Tiankris)

Xamã


[Xamã]
Onze e pouca e eu meio vira-lata
Sonhando em modo vida louca
Com vinte prata
Perdi meu primo na boca, fumando haca
Vi uns anjinho andar de toca e assaltar de faca
Mas lá na vila tem uma louca da cor mulata
Moça eu vou beijar sua boca e pula catraca
Mas miséria é coisa pouca, esses ouro é lata
Breve nós brota na Oprah e faz free com o Catra
Diz que é três por dez merreis, um tá cinco prata
Cancelaram o churrascão, tu viu o preço da alcatra?
Mas não te deixei na mão, fui no sacolão
Somei carne moída e batata, salve Bambata e Jorge Aragão, êh, êh
Fler tá na contenção, que seja eterno enquanto breve
Igual nossas partidas de Winning Eleven
Trouxe esse flow aqui, vê se serve
Atividade nos excesso irmão, primeiro paga a quem se deve

Eu sei, dos lugares descalços onde andei
Mesmo sem dinheiro, como eu gastei
Mas hoje eu tenho estado só, estado só
Mas sei, ser o seu amor, ser o seu rei
Pode rir agora que eu cheguei, não tenho mais estado só, estado só

[Mano Fler]
Eu tenho olhos de valete, o zap da minha manga é como espada
Vivendo em alguns amores que se transformaram em raiva
Com lágrimas onde a saudade tem poder
Trinta dias de veneno sem dormir, sem comer
Então me ame do mesmo jeito que você fuma
Faz uma, literalmente, se não soma ou suma
Senhorita chuva, caprichos e relaxos
Saindo por cima desses altos e baixos
Mas o que desejo ainda não tem nome
Tô no beijo lento que nem som no soundcloud
Eis aí o oxigênio que alimenta a alma, ei rabí
Águas consagradas, em seguidas palmas, pra ti
Quem com ferro fere, cai aqui
Cai aqui que o mal sempre irá partir
Sem falar tchau, não quero só corpo
Passo longe da tua perfeição
A mesma perfeição que só tem em Marte ou Plutão

[Xamã]
Tem de coco e de chocolate ou picolé e pipoca doce, cadê meu maço?
É que eu moro na estrada da posse, me deu mó tosse
Tá rolando um verde alface, o doce é tipo fita dupla face
Se ao menos mano o meu fusca falasse, se tu soubesse
Que isso tudo aqui é só um disfarce, dá mó estresse
Cortou o mic e disse desce
Mas Dimas o primeiro rap a gente nunca esquece

[Tiankris]
Moça, me ouça por favor me ouça
Eu sei que eu tenho agido errado
Encontrei verdades em mentiras
Eu vi, chorei nas tuas dores, eu senti
Mudei alguns valores mas não perdi
O caminho de volta pra casa

[Xamã]
Eu sei, dos lugares descalços onde andei
Mesmo sem dinheiro, como eu gastei
Mas hoje eu tenho estado só, estado só
Mas sei, ser o seu amor, ser o seu rei
Pode rir agora que eu cheguei, não tenho mais estado só, estado só
Eu sei, dos lugares descalços onde andei
Mesmo sem dinheiro, como eu gastei
Mas hoje eu tenho estado só, estado só
Mas sei, ser o seu amor, ser o seu rei
Pode rir agora que eu cheguei, não tenho mais estado só, estado só

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir