De tanto flutuar sem ter um alvo pra pousar,
A visão imita o espaço,
E aquele espaço é só meu,
Não comporta opiniões.
E quando a união tão esperada.
Pena e papel no anceio de grafar,
As cores do meu universo sideral particular

Estradas de diamantes e sinos loucos a soar,
Na corda bamba, meu equilíbrio lento a desmoronar

Me diga onde foram parar minhas defesas
Ao me mostrar tão claro e simples,
Ao perceber os sinos tinindo ao meu redor

De tanto flutuar sem ter um alvo pra pousar,
A visão imita o espaço,
E aquele espaço é só meu,
Não comporta opiniões.
E quando a união tão esperada.
Pena e papel no anceio de grafar,
As cores do meu universo sideral particular

Estradas de diamantes e sinos loucos a soar,
Na corda bamba, meu equilíbrio lento a desmoronar

Me diga onde foram parar minhas defesas
Ao me mostrar tão claro e simples,
Ao perceber os sinos tinindo ao meu redor

In the sky, in the sky!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Carlos / Kamilla / Paulo Cleison · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Kamilla
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.