Aperto na seda, jogo no balão
Pego essa Glock e jogo o pentão
Mano‚ mais tarde eu vou brotar no bailão
Falta vinte minutin' pra eu descer do plantão
Olha o que eu carrego na minha cintura
Uma coisa que machuca viatura
Todos os meus manos de roupa de grife
Todos os meus manos vieram da rua

Sei que eu sou um menor muito exibido
Mas não sei por que eles se preocupam comigo
Eu não sou famoso‚ mas olha como eu me visto
Cabelo roxo‚ eu posso, mano, porque eu tenho estilo
Tudo dois‚ de Nike, comprei à vista
Você sabe, nunca usamos aquelas três listras
Tem a Glock que tá com pente de 30
Ela nota o volume na minha camisa
Você gosta dos amigo que é da firma
No plantão‚ menina, eu tô todo dia
Mas a música me tira disso ainda
Juro, eu só tô tentando mudar de vida
Dar um pouco de orgulho pra minha família
Não esqueça, meu mano, o mundo gira
Perguntou se as armas que eu porto é de verdade
Você tá pensando que eu sou da Recayd?

Aperto na seda, jogo no balão
Pego essa Glock e jogo o pentão
Mano, mais tarde eu vou brotar no bailão
Falta vinte minutin' pra eu descer do plantão
Olha o que eu carrego na minha cintura
Uma coisa que machuca viatura
Todos os meus manos de roupa de grife
Todos os meus manos vieram da rua

Mano, é sério, eu só quero meu espaço
Foda-se os hater criticando o que eu faço
Foda-se seu preconceito se eu sou favelado
E daí se eu tô nesse clipe armado?
Quando eu faço isso é apologia, é feio
Mas os playboy faz e geral acha maneiro
Isso é trap aqui do Rio de Janeiro
Na Santa Rosa é só moleque e tiroteio
Que não gosta de A.D.A. e de terceiro
Eu não sou da gangue blood, mas o comando é vermelho, ahn
E olha só, eu cheguei no baile aê
As patricinha me ama, eu me sinto o Matuê, não
Mas calma aí, calma aí, bebê
Mina, eu sou o Meno Tody, o trapstar do CV
Não tô famoso nem rico, mas tu sabe que eu vou ser
É só tu olhar pra mim, amor, que tu vai entender, ahn

Aperto na seda, jogo no balão
Pego essa Glock e jogo o pentão
Mano, mais tarde eu vou brotar no bailão
Falta vinte minutin' pra eu descer do plantão
Olha o que eu carrego na minha cintura
Uma coisa que machuca viatura
Todos os meus manos de roupa de grife
Todos os meus manos vieram da rua

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir