Quando no pecado tropeçou o velho Adão...
Logo mergulhou na negra escuridão...
Culpa foi brotando dentro do coração...
Oh! Triste situação!
Quando abriu os olhos, viu a sua nudez...
Se cobriu de folhas pela primeira vez...
Transferiu a culpa à companheira cortêz...
Oh! Que loucura ele fez!
Oh! Adão onde estás?
Oh! Adão onde estás?
Onde estás?
Quando ouvi teus passos tive um medo-pavor
Só pude pensar: está chegando o Senhor!
Como vou saber se ainda me tens tanto amor
Oh! Vivo agora no horror!
Acho que agora veio mesmo o meu fim...
Trago uma ferida lá no fundo de mim...
Gela o coração e arde forte meu rim...
Oh! Já vem lá o Querubim...
Oh! Adão onde estás?
Oh! Adão onde estás?
Onde estás?
És maldita agora entre os animais...
Oh, serpente, o ó da terra tu comerás...
Com a família da mulher tu combaterás...
Oh! Mas, no fim, morrerás!
Da mulher virá o libertador campeão
Olhos como um fogo e uma espada na mão
Devolvendo a vida que perdeu o velho Adão...
Oh! Já virá a salvação!
Oh! Adão onde estás?
Oh! Adão onde estás?
Onde estás?

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir