exibições 6.653

Eu estou na casa do Oleiro
Sou vaso sem beleza e sem valor
Por fora sou mais um
Tão simples, tão comum
Mas trago em mim o Seu tesouro

Eu não sou o que dizem que sou
Eu não posso o que dizem que posso
Eu não faço o que dizem que faço
Nada tenho em mim

Tudo vem dEle, por Ele e para Ele
Tudo é dEle, por Ele e para Ele
Nada tenho em mim
A glória é dEle

Nada tenho em mim que mereça algum valor
A glória é Tua, que Tu cresças e eu diminua

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir