Livre

Murilo Sá

exibições 99

De ilusão
O mundo já ta cheio irmão
E cada um inventa o seu mundo pra viver
Livre então
Das amarras da prisão
Dos olhos de quem te viu
E nunca te entendeu

Livre pra poder subir nas telhas e gritar:
Hoje eu sou assim
Sou do jeito que eu pintei
Você me vê de um jeito seu
E eu respeito você
Mas esse não sou eu

Doce irmão
A vida é sempre um doce irmão
Enquanto ninguém põe a mão
Naquilo que é seu
Ser vilão
Ou ser herói por vocação
Ser o que você quiser
E ainda ser você

Livre então você cuspiu no prato que comeu
Mas e daí?
Quem vai explicar você?
E a sua a minha e a nossa loucura?

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir