Foto do artista Nação Zumbi

Alfazema (part. BaianaSystem)

Nação Zumbi


Um casal que chora na beira da praia
Ele disse: É agora
Ela disse: Seu tempo acabou
Diacho, eu não te acho
Entro na roda
Eu fico louco
Danço um côco furioso
Até o dia acabar

Amoleceu meu coração
Acende o fogo
Estende a mão
O que você tem que me acorda
E tira o sono
Vira fome
E vira som
Vou no fundo
E vira mundo
Espero um dia voltar com

Alfazema
Alfazema
Alfazema
Proteção

O veneno vencendo
E a alma tremendo
Prevendo o temporal que estava pra acontecer
Despacho, arrego, simulacro
Nunca engana o seu sufoco
Benzer, calçar, blindar é pouco
Quando for assim, é pra lacrar!

Amorteceu meu coração
Que já em brasa acende o chão
Só esse cheiro dá o tom
Mata essa fome e aumenta o som
No vácuo do teu passo em falso
Pulo cedo e vôo alto
Desse perfume vou no rastro
Lavanda é quem vai mandar!

Alfazema
Alfazema
Alfazema
Proteção

Vou pedir pro cupido acertar seu gosto
(Com alfazema)
Já mandei perfumar seu vestido todo
(Com alfazema)
Vou pedir pro bandido esquecer sua bolsa
(Com alfazema)
Vou mandar, vou benzer o seu corpo todo
(Proteção)

Alfazema
Alfazema
Alfazema
Alfazema

Vou mandar, vou benzer
Eu vou mandar pra benzer
Eu vou pedir pra benzer
Eu vou mandar pra benzer

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir